veja 8 jogadores que estão sem contrato a partir de hoje

0
26


Com a virada do ano, vários jogadores do futebol brasileiro viram seus vínculos com os respectivos clubes se encerrarem, e entram em 2024 sem uma camisa para defender. Todo atleta pode assinar um pré-contrato com outra equipe, a partir do momento que faltam seis meses para acabar um acordo, mas alguns nomes não conseguiram isso a tempo.

O caso de Everton Ribeiro, do Flamengo, é um destes em que o jogador manifesta sua vontade de ficar, mas os dois lados não conseguem acertar termos. Outros nomes, como Alexandre Pato, que estava no São Paulo, e Diego Costa, que defendia o Botafogo, tinham vínculos mais curtos e não encontraram formar de seguir. Ontem, o Grêmio confirmou que o meia Luan também entrou nesta conta.

Atleta do Flamengo desde meados de 2017, Everton se tornou um dos grandes jogadores da história do clube, conquistando os principais títulos que chegaram a partir de 2019, com sua contribuição decisiva. No entanto, próximo de completar 35 anos, o tempo de contrato que ele e seu estafe pedem (dois anos) não agradam ao rubro-negro.

O fator idade e a chegada de novas peças, como o uruguaio Nicolás De La Cruz, parecem afastar o veterano de permanecer no Ninho do Urubu, apesar de sua vontade declarada. Neste tempo, o Fla negociou as renovações de Bruno Henrique e Gabigol (nenhuma ainda oficial) de maneira mais incisiva.

Everton Ribeiro — Foto: Marcelo Cortes/Flamengo
Everton Ribeiro — Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

A partir de agora, Everton pode negociar livremente no mercado. A chance de ficar no Flamengo existe, mas seria necessário ceder aos termos do clube. A tendência é seguir para uma equipe que ofereça seu desejado contrato de longa duração.

O atacante de 34 anos retornou ao Morumbi em maio do ano passado, com um contrato que só duraria até 31 de dezembro, e dependeria de sua produtividade. Porém, ele fez apenas dez partidas e marcou dois gols, mesmo em uma temporada onde o São Paulo venceu o inédito título da Copa do Brasil. Com a condição física abaixo do desejado, não foi muito utilizado por Dorival Júnior.

Seu final de ano foi marcado por problemas físicos e opiniões polêmicas em redes sociais. As chances recebidas no campo foram poucas, e ele virou uma das últimas opções do ataque do time. Com futuro indefinido, agora buscará outro clube para 2024.

Alexandre Pato retorna ao São Paulo após três anos — Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net
Alexandre Pato retorna ao São Paulo após três anos — Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Outro contratado no decorrer da última temporada, o atacante parece não ter futuro encaminhado no Botafogo. Com três gols em 15 jogos, e a pecha de ter participado da derrocada do clube no Brasileirão, Diego fez exigências aos dirigentes para permanecer no alvinegro, mas eles não farão loucuras para ficar com o jogador.

Diego Costa em treino do Botafogo no CT Lonier — Foto: Vítor Silva
Diego Costa em treino do Botafogo no CT Lonier — Foto: Vítor Silva

Revelado pelo Vasco no final dos anos 2000, Alex Teixeira voltou ao clube em 2022, e o ajudou a retornar para a Série A. Porém, sua última temporada não foi nada boa e ele perdeu espaço no time. Após fazer seis gols e sete assistências em 50 jogos, o cruz-maltino optou por não renovar o contrato do jogador de 33 anos, e já se despediu dele nas redes sociais.

Alex Teixeira — Foto: Daniel Ramalho/CRVG
Alex Teixeira — Foto: Daniel Ramalho/CRVG

Após ser rebaixado para a Série B, o América-MG não seguirá com zagueiro Iago Maidana, que se destacou na equipe mineira e no Sport, por algum tempo. Conhecido também por ser bom em bolas paradas, o defensor de 27 anos surge como opção no mercado, tendo atuado em 50 jogos em 2023.

Outra opção de zagueiro, Bruno Alves foi titular do Grêmio ao longo de 2023, mas o tricolor gaúcho optou por não ficar com o jogador de 32 anos. Ele está no livre no mercado a partir de hoje. Apesar de ter recebido uma sondagem do Vitória, que volta à Série A neste ano, seu futuro ainda é indefinido.

Já Luan tinha retornado ao Grêmio, após passagem conturbada no Corinthians, para retomar o futebol que apresentou quando venceu a Libertadores, em 2017. Porém, a nova experiência não deu frutos, e o meia foi dispensado oficialmente na noite de ontem.

Luan retornou ao Grêmio após passagem no Corinthians — Foto: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA
Luan retornou ao Grêmio após passagem no Corinthians — Foto: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Após mais de uma década no futebol europeu, tendo se destacado na Inter de Milão, o lateral-esquerdo chegou ao Internacional em setembro, com um contrato de produtividade válido por apenas quatro meses. Porém, não teve bom rendimento, graças a uma lesão grave que havia sofrido no joelho esquerdo, e ainda se envolveu em uma discussão com a torcida colorada. Aos 30 anos, foi liberado uma semana antes do final do vínculo.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here