Quem é Rogério Saladino, empresário morto após troca de tiros com policiais

0
43


O empresário Rogério Saladino, de 56 anos, morreu na noite de sábado (16), após uma troca de tiros com policiais nos Jardins, bairro nobre de São Paulo. Saladino atuava no ramo de medicina e diagnóstico, como presidente do Biofast, uma rede de laboratórios brasileiros.

No LinkedIn do Biofast, a empresa se denomina “100% brasileira, que atua desde 2004 no mercado de medicina diagnóstica, entregando serviços de alta qualidade com segurança e agilidade. Nosso volume de exames processados valoriza o Biofast no ranking dos maiores laboratórios do país”.

Segundo o site oficial da empresa, a rede atua com exames de análises clínicas, diagnóstico por imagem, anatomia patológica e exame toxicológico, em oito unidades no estado de São Paulo.

Rogério Saladino estava em um relacionamento com a modelo e arquiteta Bianca Klamt, que conta com quase 60 mil seguidores no Instagram. Nas redes sociais, Bianca relata que o casal estava montando um almoço em casa, na tarde de sábado, com poucas pessoas, horas antes da morte do companheiro.

A modelo desabafa em seu perfil: “meu coração está em prantos. Obrigada pelos momentos com a nossa família. Ele era um homem fora da curva”.

Em nota, a família de Rogério agradeceu as manifestações que recebeu e pediu para que a intimidade dos familiares seja preservada.

“Rogério Saladino era um empresário de sucesso, empreendedor que confiava no Brasil. A tragédia ocorrida ontem ceifou a vida de uma competente policial civil, de um profissional que trabalhava na residência e do próprio Rogério Saladino”, diz o texto.

O fotógrafo Fred Pontes, responsável por vários cliques do empresário, informou pelas redes sociais que o velório de Saladino acontece nessa segunda-feira (18), entre 8h e 16h, na capela do cemitério do Morumbi.

Antecedentes criminais

Segundo o boletim de ocorrência, Rogério já tinha dois antecedentes criminais. Um em 1989, por homicídio e lesão corporal, tendo sido preso por esses crimes. E, em 2008, outro registro contra Rogério Saladino por crime ambiental.

Segundo a assessoria da família de Rogério, o caso de homicídio e lesão corporal, “uma fatalidade”, aconteceu na cidade de Natividade da Serra, interior de São Paulo. Rogério atropelou uma pessoa, prestou socorro, mas a vítima acabou falecendo.

Já o caso de crime ambiental, conforme a assessoria, “refere-se à retirada de cascalho pela Prefeitura Municipal de Natividade da Serra (SP), em terras de propriedade da família de Rogério. Existe um termo de compromisso ambiental cumprido”, diz a nota.

O caso

Segundo a Polícia Civil, no sábado (16), dois policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) foram até uma rua dos Jardins, bairro nobre de São Paulo, para investigar um roubo a residência acontecido na noite anterior.

Ao chegarem ao endereço, Milene Estevam e outro policial civil que a acompanhava, abordaram Alex James Gomes Mury, vigilante da casa de Rogério Saladino, pedindo a ele acesso às imagens das câmeras de segurança da residência.

Alex, então, foi conversar com Rogério para ter autorização para ceder as imagens. Segundo o boletim de ocorrência, testemunhas disseram à polícia que Rogério foi até a guarita da casa e, desconfiado de que se tratariam de falsos policiais, pegou duas armas (uma 380, registrada em seu nome, e uma 45, sem registro) e atirou duas vezes para o alto.

Logo depois, abriu o portão da residência e disparou contra os policiais civis. Os tiros acertaram a investigadora Milene, que caiu após ser atingida. O policial que acompanhava Milene revidou os tiros, acertando Rogério Saladino.

Após ver o empresário cair, o vigilante Alex James pegou uma das armas que estava com Rogério e tentou atirar contra o policial civil, que revidou. Alex foi atingido e morreu no local.

Rogério foi levado para o Hospital São Paulo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Milene Estevam também foi socorrida, mas morreu na Santa Casa.

(Com informações de Ana Coelho)



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here