Iniciativas da Rede GOV.BR passam a atingir 90 milhões de brasileiros em 2023 — Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos

0
17


O trabalho da Rede Nacional de Governo Digital (Rede GOV.BR) passou a atingir cerca de 90 milhões de brasileiros em 2023. Impulsionada pela proposta do novo governo de aproximar a administração pública federal dos demais entes da federação a partir de um trabalho em regime de colaboração, a rede desenvolvida pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) cresceu 230% desde o início do ano em número de municípios.  
 
A Rede GOV.BR é um espaço de colaboração, intercâmbio, articulação e disseminação de soluções e iniciativas inovadoras relacionadas a temática de Governo Digital. Até o momento, estão na rede os 26 estados e o Distrito Federal, 24 capitais e mais de 700 municípios. “A integração com outros entes da federação é fundamental para que a transformação digital dos serviços públicos seja plena, o governo só será digital se conseguirmos chegar a todas as pessoas”, disse o secretário de Governo Digital do MGI, Rogério Mascarenhas. 
 
A participação na rede simplifica o acesso a diversos soluções do GOV.BR. Entre as vantagens estão o uso de plataformas digitais do governo federal sem custos, a participação em programas de capacitação voltados para a transformação digital, o apoio metodológico à aplicação de estratégias de governo digital, o apoio para a busca por financiamento e, ainda, oportunidades de reuso e colaboração com outros estados e municípios. 

Entre as soluções do GOV.BR ofertadas estão a integração de serviços digitais do município ao login GOV.BR, a assinatura eletrônica e a prova de vida digital. Neste ano, também houve crescimento entre os municípios que já estão utilizando soluções do GOV.BR. Em 2022, somente 92 municípios estavam integrados à 429 cidades, chegando a 521. 

A adesão dos municípios é gratuita, 100% digital e pode ser realizada na Plataforma da Rede GOV.BR. Após a adesão, há ainda a possibilidade de realizar um autodiagnóstico de maturidade digital do município, a partir de funcionalidade disponível na plataforma. O autodiagnóstico possibilita identificar quais temas referentes a governo digital demandariam maior prioridade de atuação da gestão municipal no sentido de avançar na agenda. Serve de subsídio para um plano de ação que a própria plataforma gera após a conclusão do autodiagnóstico. 

Grandes municípios

A Secretaria de Governo Digital vem trabalhando para incluir na Rede GOV.BR as cidades com mais de 300 mil habitantes, pelo impacto populacional e pelo papel de polo que exercem no território. No início do ano, 38 municípios nesta faixa de população participavam da rede. Agora, já são 59. “Focamos nestas localidades pelo impacto da transformação digital na vida das pessoas que moram nelas. Precisamos trabalhar em conjunto com os gestores destas cidades para utilizar o GOV.BR como uma ferramenta para facilitar a vida dos cidadãos”, afirma Mascarenhas. 
 
Estratégia Nacional

No próximo ano, o governo federal vai reforçar a atuação da Rede GOV.BR para impulsionar a implantação da Estratégia Nacional de Governo Digital. O objetivo deste conjunto de recomendações é articular e direcionar as iniciativas de governo digital nas diversas esferas da federação, de modo a ampliar e simplificar o acesso de todas as pessoas aos serviços públicos. Servirá de orientação sobre como o Governo Federal, os estados e os municípios vão elaborar suas próprias estratégias de governo digital, no âmbito de sua competência, mas mantendo alinhamento mínimo no conjunto de iniciativas. A estratégia está em consulta pública na ferramenta Brasil Participativo até o dia 12 de janeiro. 





Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here