Bicampeão da Copinha pelo Palmeiras lançou Endrick e hoje brilha no México

0
22


Atualmente auxiliar no América do México, Paulo Victor Gomes foi o técnico que comandou o Palmeiras no bicampeonato da Copa São Paulo de futebol júnior (2022 e 2023).

O treinador foi um dos responsáveis pela inédita conquista do time alviverde e ajudou a projetar vários talentos que brilham no elenco profissional.

“Foram os momentos mais especiais da minha carreira. O clube não tinha esse título e era algo que eu queria muito. Era uma equipe muito experiente com muitos jogadores maduros. Conseguimos jogar de várias formas diferentes e fomos crescendo”, disse ao ESPN.com.br.

Paulo conta que precisou tirar um grande peso em cima dos garotos pela obrigação de vencer o título.

“A gente blindou muito por causa da imprensa porque falavam que o Palmeiras chegava nas fases finais e sentia a pressão. Trabalhamos muito a cabeça deles”, recordou.

A conquista do primeiro título ficou marcada pelo surgimento de Endrick, que foi destaque do torneio com apenas 15 anos. Pouco tempo depois, o atacante subiu para o time profissional e foi vendido ao Real Madrid.

Antes da competição, o jovem iria apenas completar o elenco por causa da idade, mas se destacou tanto nos treinos que virou titular da equipe. Na final, ele anotou um gol na goleada do time alviverde contra o Santos por 4 a 0 no Allianz Parque.

“Tinha muita maturidade e por isso está colhendo os frutos. Hoje, está assumindo um papel de protagonista”.

O time alviverde foi depois campeã da Copa do Brasil sub-20 e do Brasileirão sub-20. No final do ano, o elenco se desmanchou porque vários jogadores foram absorvidos pela equipe profissional.

“Precisamos renovar o elenco juntando os remanescentes de 2022 com os meninos da sub-17 que subiram. Tivemos muita dificuldades na preparação para encontrar os melhores jogadores para assumir a responsabilidade”.

Em 2023, a segunda conquista da Copinha veio com uma vitória sobre o América-MG na decisão.

“A equipe teve uma primeira fase complicada, mas foi crescendo e fizemos muito bem os mata-matas. Eles tinham muita bagagem em jogos decisivos. Foi bem especial para a minha trajetória”.

Já classificado para a segunda fase da Copinha de 2024, com seis pontos ganhos, o Palmeiras enfrentará o Oeste pela última rodada da fase de grupos, nesta quarta-feira, às 17h (de Brasília).

Campeão no México

Paulo tentou ser jogador e passou pela base de vários clubes do interior antes de começar a faculdade de educação física. O primeiro clube a abrir as portas para o começo da carreira de treinador de base foi o Novorizontino.

Em 2015, foi para o Palmeiras, no qual passou por várias categorias antes de comandar a base da seleção brasileira (sub-15 e sub-17).

“Trabalhei com uma geração muito talentosa, como o Savinho (Girona), Ângelo e o Vinicius Tobias (Real Madrid)”.

Ele ainda foi auxiliar de André Jardine na conquista da medalha de ouro na Olimpíada de Tóquio. Em seguida, assumiu o sub-20 o Palmeiras.

Em junho do ano passado, o treinador recebeu um convite de Jardine para ser auxiliar do América, do México.

“É um clube muito grande e vinha há muito tempo sem vencer o Campeonato Mexicano. Em seis meses conseguimos esse título do Apertura”.

Agora, PV trabalha com Jardine para a disputa do Torneio Clausura.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here